segunda-feira, 16 de março de 2015



Em nossa primeira Aula falamos de Homeostasia, que apesar de ter um nome um pouco estranho, é de fundamental importância para nós, profissionais de Educação Física, uma vez que na prescrição de exercício ela sempre será nossa "meta" a ser alcançada, para ser quebrada.

Em nosso contexto de prescrição de exercício é comum ouvir o termo "quebrar a homeostase" ou antagonicamente, chegar em "stade state" (estado estavel).

Mas Daniel, o que essa homestase?

Esse termo Homeostasia, é formada pelos termos gregos homeo ( o mesmo) e Stasis (ficar), e foi definida pelo fisiologista americano Walter Canon em 1929, com o intuito de criar um conceito de manutenção das condições estáticas ou constantes do meio interno do corpo.


Assim podemos definir a homeostase como sendo uma propriedade auto-reguladora de um sistema, ou organismo, que permite manter o estado de equilibrio de suas variáveis físico-quimicas (como temperatura, pressão, PH) essenciais e de seu meio ambiente.

Alguns parametros são importantes para compreendermos a homeostasia em nosso corpo, dentre elas:
 RESPONSIVIDADE que é a
  • “Capacidade do organismo de determinar responder às alterações de seus ambientes interno e externo.”
A responsividade é bastante vista quando transpiramos sendo o suor uma resposta visivel do aumento da temperatura corporal.

Ele é eliminado pelas glândulas sudoríparas e sua principal função é manter
a temperatura coporal em homeostase de 36ºC.
Sempre que elevamos nossa atividade física, há aumento da temperatura corporal 
Para saber mais sobre o suor  acesse este link.



Homeostase e Exercício:

Na atividade física, seja vigorosa ou não, a busca pela homeostase ocorrerá na interação entre os  diversos sistemas ( endocrino, neuromuscular, respiratório, imunológico).
Um Exemplo seria a o controle glicemico e na regulação da liberação da insulina durante o exercício.


Observe que quando há uma elevação na concentração de açúcar (glicose) no sangue, o pancreas é estimulado a produzir insulina, (setas amarelas) e assim a redução glicemica.
Em exercício, ou em atividades que necessitem de energia, a utilização do glicogénio é necessária. Nesse caso, na baixa concentração de glicose, o glucagon é liberado pelo pancreas e estimula a quebra do glicogênio, formando glicose e elevando a concentração de açúcar no sangue (setas azuis).

O  processo descrito acima,  é regulado pelo sistema endocrino e impede que o corpo entre em hiperglicemia (excesso de açúcar) ou em hipoglicemia (falta do açúcar) mantendo a homeostase glicemica.

Já podemos abrir um parenteses nesse ponto e começar a compreender que o exercicio altera a homeostase corporal, e qualquer atividade que você faça além do repouso altera a homeostase.
Nosso corpo sempre buscar um estado de equilibrio seja na temperatura, pressão, Ph, umidade da pele, em fim, todos os sistemas buscam o equilibrio.


Então estimado aluno....qual é a relação da homeostasia com sua vida profissional na educação física?

Deixe aqui seu comentário de como a homeostase está relacionada no pré e pós o exercício
no video abaixo.


                                              ATIVIDADES

1) Vamos observar o video abaixo.

 

2)  LEIA O TEXTO Homeostase Hidrica corporal em condições de repouso e durante o exercicio físico  (Também é recomendado, mas não obrigatório, que leia o texto sobre suor)
e responda as seguintes perguntas


  1. Qual é o papel fundamental da água na homesotase?
  2. Por que a composição do homen é diferenta da mulher?
  3. Como o corpo adquire água para suas funções básicas?
  4. Para um individuo de 90kg (homem) qual seria a quantidade água ideal para ele manter as funções de Homeostase? (justifique sua respostas com os cálculos)
  5. Quais são as sequelas que podem ser originadas pela desidratação durante o exercício?
  6. De acordo com o TEXTO, quais são as intervenções que o profissional de educação física deve ter para evitar que seu aluno fique desidratado durante o treinamento?
SISTEMAS DE ALAVANCAS E TORQUE CLIQUE AQUI

VÍDEO MANGUITO ROTADOR AQUI 

VÍDEO ARTICULAÇÃO DO COTOVELO AQUI 


quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Notas Notas Notas

Já tem notas no sistema (área restrita), confira se a sua já está lá!


3º sem Licenciatura
4º A  Licenciatura
3º Bacharelado
4º bacharelado
4º licenciatura - ira para o sistema ainda hoje!!! 

Não confie totalmente nessa nota, olhe em sua área restrita.

Prova substitutiva de 08 a 12 - Todo conteúdo do Semestre, pode levar calculadora e de preferência científica(não pode usar o celular).







sábado, 11 de outubro de 2014


Tira dúvidas: todas as sextas feiras das 19h as 20h na sala 03 - térreo

DOCUMENTOS PARA DOWNLOAD CLIQUE AQUI

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

TRABALHO PARA SER ENTREGUE... ORIENTAÇÕES




ESTRUTURA DO TRABALHO PARA SER ENTREGUE NO DIA DA PROVA,

ENTREGA DO TRABALHO É  INDIVIDUAL.

ESTRUTURA DO TRABALHO
DIGITADO, FONTE TIMES TAMANHO 12, ESPAÇAMENTO 1,5.
1-      CAPA (NOME DO AVALIADOR E DO SEU AVALIADO)
2-      ANAMESE 
3-      PAR-Q
4-      MEDIDAS DE PERÍMETROS (CIRCUNFERÊNCIAS)
6-      CÁLCULO DA DENSIDADE CORPORAL E PERCENTUAL DE GORDURA e peso de gordura
7-      CÁLCULO DAS VARIÁVEIS ABAIXO:
a.      IMC – índice de Massa Corpórea = (Peso/ Estatura x Estatura) 
b.     Peso Magro= Peso Corporal – Peso de gordura 
c.      Peso Muscular= (Peso Corporal – (PG+P.O+P. residual)) 
d.     Peso Gordo= Peso Corporal x % Gordura (sugiro fazer regra de 3)
e.      Peso Residual= Peso Corporal x 0,24 
f.       Peso Mínimo (ideal)= Peso Magro/0,91 
g.     Peso Máximo (ideal) = Peso Magro/0,895 
h.     PESO ÓSSEO (P.O)
• Calcula-se o peso ósseo a partir da equação de Von Dobeln: 
peso ósseo = 3,02 . (estatura^2 . (diâmetro punho . diâmetro joelho . 400)^0,712 •
1.     ESTURA EM METROS, E DIÂMETROS EM CM.
 ^ = elevado

SUA NOTA SERÁ DADA PELO SEU RELATÓRIO DA AVALIAÇÃO.

8-      RELATÓRIO DE CADA VARIÁVEL AVALIADA E COMPARADA COM AS REFERÊNCIAS DAS TABELAS DO BLOG E PLT.  Relatório dos intens. 2,3,4,E 6 (NO 6 somente %G)

S  SEGUE ABAIXO COMO FAZER UMA REGRA DE TRÊS SIMPLES.




DOBRAS CUTÂNEAS - PROTOCOLOS PARA DENSIDADE CORPORAL.

DOBRAS CUTÂNEAS



Esta semana estaremos vendo sobre os pontos de dobras cutâneas.
segue um link sobre os pontos de identificação das dobras cutâneas.
clique aqui para baixar o artigo sobre pontos de identificação.

Segue o link sobre protocolos e formulas de cálculo.(clique aqui)






Protocolo de identificação da Densidade Corporal (DC),


APÓS CALCULAR A DENSIDADE CORPORAL DEVE-SE SUBSTITUIR NA EQUAÇÃO DE SIRI E ENTÃO TER O PERCENTUAL DE GORDURA.

SIRI:

%GC = [(4,95 / Dc) – 4,5] x 100

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Bom Dia caros alunos..

Segue o Plano de Ensino da Disciplina.

Material das aulas passadas e da próxima - perimetria.

IMC -
PERIMETRIA
ANAMNESE



----------------------------------------------//----------------------------------------------------
1º SEMESTRE DE 2014 ---